logo-header-7

7 segredos de fotografia newborn para aprender em um workshop

Dicas para fotógrafos criarem um ensaio de fotos newborn perfeito para família e bebê

Listei 7 dos principais questionamentos da fotografia newborn. Nós nos aprofundamos em cada um deles, com prática e teoria no workshop de fotografia newborn. Mas acredito que esse texto é uma bela introdução para os fotógrafos que querem se profissionalizar.

Vejo cada vez mais como a fotografia newborn abraça os profissionais que querem se dedicar à carreira. Essa observação tornou-se mais forte desde que comecei a dar aula e criei meu workshop de fotografia newborn Natural. É um mercado que tem crescido muito  e que exige muito estudo e habilidade por parte do profissional.

A arte da fotografia newborn não é simplesmente sobre tirar fotos, mas sim sobre criar um momento especial para  a família. O foco aqui é abrir um espaço para celebrar a vida e o amor. No ensaio de fotografia newborn, busco em primeiro lugar criar uma experiência gostosa e inesquecível para os pais.

As famílias percebem cada vez mais o poder do registro deste momento único e mágico que é o nascimento de um bebê. O recém-nascido modifica a dinâmica da família inteira e sua chegada precisa ser lembrada com muito amor e carinho.

O papel do fotógrafo é de ter a sensibilidade para captar o momento com a preocupação de atender com conforto os pais e os bebês, entregando um trabalho que eternize esta fase tão importante.

1. A sessão fotográfica de recém-nascidos

Uma sessão de fotografia newborn envolve muito mais do que o domínio da luz e técnicas fotográficas. Me refiro às técnicas corretas para um bom posicionamento com segurança e conforto e, talvez os fotógrafos que me acompanham já sabem o quanto dou importância para o manuseio do bebê. Além disso, existe também um aspecto que considero essencial para uma sessão de sucesso: o relacionamento com a família.

Eu fotografo bebês desde 2011 e nestes oito anos acumulei experiência para compartilhar o aprendizado da fotografia de recém-nascidos que venho tendo, de erros e acertos. Sou apaixonada pela fotografia desde adolescente e me envolvi tanto neste segmento que sou uma das fundadoras e hoje presidente da ABFRN (Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos).

Ao longo da carreira, me aprofundei no conhecimento e já fui palestrante nos principais eventos e congressos de fotografia do Brasil, incluindo cursos online na PhotosTV.

Hoje vou reunir um pouco do que tenho a compartilhar. Neste artigo, vou dar algumas dicas para quem quer fazer um ensaio de sucesso. É aquele ensaio fotográfico que os bebês ficam tranquilos, a luz é perfeita e a família feliz com o resultado:

2. Para quem está iniciando na fotografia newborn

Se você está se aventurando na fotografia de um modo geral e é iniciante da fotografia de recém-nascidos, deve primeiro dominar sua câmera em modo manual. Depois, é preciso aprender toda a técnica de posicionamento dos bebês antes de aprofundar-se na área.

O ideal é fazer um curso com um profissional experiente na área, que tenha vários anos de carreira e que você se identifique com seu estilo fotográfico. É assim que você pode ver na prática algumas situações que só acontecem durante o ensaio real. A instrutora irá explicar como posicionar os récem-nascidos, como lidar com os pais e também como acalmar os bebês.

Muitos profissionais que já tem carreira na fotografia – seja em casamentos ou outras áreas – também buscam aprendizado na fotografia de recém-nascidos. Para se segmentar na fotografia newborn, o melhor caminho é, sem dúvida, os cursos presenciais. Reforço que é dessa forma que será possível ver de perto as dificuldades de lidar com um bebezinho tão pequeno e frágil.

Creio que o maior desafio para quem fotografa casamento ou outras áreas é entender que a iluminação de um bebê é totalmente diferente da luz de um evento ou de uma fotografia de moda. Na fotografia de bebês basta uma fonte de luz apenas.

3. Iluminação é tudo no ensaio newborn

O ponto principal que o fotógrafo deve saber antes de tudo é dominar bem sua câmera, seu equipamento e sua luz. Parece óbvio, mas é o mais importante e talvez até mais desafiador. A iluminação na fotografia de recém-nascidos tem suas peculiaridades.

Diferente de outros segmentos, nós trabalhamos com a luz suave. Esta luz distribui por inteiro a quantidade de luz e deixa a iluminação difusa no ambiente, sem projetar sombras muito marcantes ou duras.

Ela deve iluminar o bebê de maneira correta para realçar suas características únicas. Por isso, a luz é suave – assim como a essência de um bebê. Vale lembrar que a iluminação não é apenas uma questão técnica, mas apresenta também o aspecto que o nascimento do bebê representa: tranquilidade e naturalidade. Com uma luz bonita caindo sobre o bebê é possível fazer lindas fotos e com poses bem simples.

Outra coisa importante é dominar os ângulos corretos para que o bebê seja sempre realçado e isso exige bastante estudo. Se você não souber os ângulos, talvez o bebê fique distorcido ou estranho na fotografia. Precisamos sempre obter uma imagem com uma sensação de conforto e aconchego.

4. As poses e o conforto para os recém-nascidos

Você já deve ter visto muitas poses na fotografia newborn. Porém, o difícil é você conseguir obter estas diversas poses num único ensaio. Isso exige que o fotógrafo saiba realizar o fluxo de poses de maneira rápida, dinâmica e confortável para o bebê.

Os diversos posicionamentos exigem prática, segurança e que o bebê esteja bem relaxado. Aí entra a experiência do fotógrafo em saber acalmar e entender a fase do sono ou os momentos do bebê. É necessária sensibilidade e técnica em saber reconhecer se as poses estão confortáveis.

Uma dica muito legal é prestar atenção se a pose é feita com facilidade. A pose precisa respeitar o ambiente que até então foi a morada da criança: o útero. Ou seja, as poses que serão mais fáceis são aquelas que imitam o encaixe do bebê dentro do útero.

5. Segurança e manuseio do bebê para o ensaio

Um recém-nascido é muito frágil e com apenas 10 ou 20 dias ainda precisa de muitos cuidados. Manusear uma criança tão pequena exige atenção e principalmente confiança por parte dos pais. Quando os pais se sentem bem, confortáveis com o estúdio e o fotógrafo, tudo fica mais fácil.

E isso se refere principalmente à mãe. Se ela estiver relaxada e tranquila, o bebê irá sentir e relaxar junto. Afinal, eles passaram muito tempo conectados na gestação e isso exerce grande força.

Portanto, quanto mais relaxado e confortável estiver o bebê, melhor será a imagem. E assim melhor será a experiência para seu cliente. Com certeza, ele se lembrará para sempre desses momentos tão sonhados que passou em sua companhia.

Você deve aprender a manusear, acalmar, relaxar e posicionar o bebê. O melhor método é estudar profundamente como é a fisiologia do bebê e como agir. Parece ser fácil fotografar um bebezinho quietinho, dormindo, mas não é. Para tornar-se um fotógrafo newborn deve-se praticar muito, de preferência com bonecos e depois com bebês.

Depois que você tiver mais experiência, algumas poses ficarão simples e sempre haverá algo novo para aprender: uma nova pose ou por exemplo a lidar com os irmãos, os pais, etc. Muitas vezes as próprias mães aprendem algo novo comigo, especialmente quando são mães de primeira viagem. Isso se dá porque elas sentem confiança em mim.

Elas já sabem que trabalho há muito tempo com bebês e que já fotografei cerca de 1000 bebês. O fato de eu ser mãe não me credencia a trabalhar com os recém-nascidos, precisei estudar muito – e ainda estudo – para chegar até aqui.

6. Comunicação com os pais nas fotos de recém-nascidos

É fundamental nos conectarmos com os pais – sejam de primeira ou segunda viagem –  para que possam desfrutar do ensaio e ter um momento maravilhoso. Queremos criar uma experiência que encante e permita que lembrem sempre deste dia com muito amor.

Você vai estabelecer uma relação de confiança com eles. Se sentindo mais seguros, vão relaxar para que você possa fotografar seu bem mais precioso: o bebê.

Sendo assim, oriento que antes de se conectar com o bebê, você faça a conexão com a mãe. Saber ouvir e perguntar é um bom começo para esta tarefa. Só depois de se conectar com a mãe, ouvi-la e entender seu momento é que vamos nos aproximar do bebê. Aí chega a hora de pegá-lo no colo, começar a conhecê-lo e nos conectar com ele.

Isso tudo, claro, através também de uma linguagem não-verbal. Bebês são como esponjinhas e sentem tudo que se passa ao redor. Por isso, fique seguro! Você transmitirá confiança para o bebê e ele irá relaxar com você.

Veja também o ensaios de gestantes que fazemos aqui no estúdio. É muito especial o momento da gravidez e merece fotos lindas! Clique aqui.

7. Aprendizado constante: workshop e cursos de fotografia newborn

Em toda profissão moderna o aprendizado é uma das tarefas básicas. Não seria diferente nesta carreira tão linda e gratificante. Ser fotógrafa newborn é apaixonante.

Creio que o desafio é sempre se renovar, se reinventar, fotografar cada bebê com suas características únicas e destacar suas qualidades. Aquilo que faz dele um ser tão belo, perfeito e especial. 

Para isso é importante fazer novos cursos, abrir sua mente a aprender novas técnicas de posicionamento e iluminação com profissionais que você admire. Dessa maneira, é possível que com algumas técnicas você irá otimize seu workflow e assim dê um salto em sua fotografia.

Cada profissional trabalha de um jeito e você sempre aprende mais quando vê outro profissional trabalhar. Por isso acredito que é importante fazer o máximo de cursos que for possível. Eu cito sempre os cursos porque várias alunas minhas me contam como essas imersões podem mudar a visão da carreira, da fotografia e dos negócios.

A fotógrafa Fabiane Bellan, de Americana, SP,  já esteve nos meus cursos e contou um pouco do que achou. “Fiz dois workshops com a Laura: um no começo da minha carreira e outro recentemente.

Tudo o que sei hoje de técnicas, como lidar com os pais, antes e depois das sessões, marketing… Eu aprendi com ela. Adoro suas fotos e acho que elas inspiram e não são clichês. Adorei também a parte de tratamento de imagens”.

É ótimo compartilhar conhecimento e ver mais profissionais conhecerem esta profissão tão linda que é a fotografia de recém-nascidos. Muito obrigada Fabiane por confiar em mim para te guiar nesta carreira e, obrigada a todos os alunos. Hoje já são cerca de 700 alunos que passaram por meus cursos presenciais, sem contar os online.

Aproveito para te convidar a participar do meu workshop de fotografia newborn. Temos uma agenda para 2019. Todos são únicos e com vagas limitadas. Confira a programação:

26/04 – São Paulo
13/06 – Brasília
28/06 – São Paulo

Para saber mais detalhes clique aqui.

Laura Alzueta
atendimento@lauraalzueta.com
Fotografia de bebês, família e gestantes
São Paulo – SP

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:

Logo SEOX - Sites para Fotógrafos